MENU

Bibliotecas ‐ polos culturais de informação e de inspiração – Uma tomada de posição da EBLIDA (Libraries – cultural peaks for information and inspiration. EBLIDA Position Paper in Portuguese)

As bibliotecas em toda a Europa desempenham um papel importante neste “projecto social e cultural”. O potencial das bibliotecas europeias no desenvolvimento de uma União Europeia caracterizada por valores como o respeito pela diversidade e pelo diálogo intercultural, a liberdade de expressão, a dignidade humana, a solidariedade e a tolerância não foi ainda inteiramente explorado.
“A União Europeia não é apenas um processo económico ou uma potência comercial, é já largamente percepcionada ‐ e correctamente ‐ como um projecto social e cultural bem sucedido e sem precedentes”. (Agenda Europeia para a Cultura num mundo em globalização)

As bibliotecas em toda a Europa desempenham um papel importante neste “projecto social e cultural”. O potencial das bibliotecas europeias no desenvolvimento de uma União Europeia caracterizada por valores como o respeito pela diversidade e pelo diálogo intercultural, a liberdade de expressão, a dignidade humana, a solidariedade e a tolerância não foi ainda inteiramente explorado.

Durante as últimas décadas, as bibliotecas mudaram e deixaram de ser instituições administrativas interessadas sobretudo em materiais impressos, para se tornarem marcos atractivos e animados das cidades, onde é oferecido todo o género de informação impressa e virtual, onde a orientação do utilizador é o serviço primário e onde o acesso livre à informação é o princípio básico. As 90.000 bibliotecas, que existem em toda a Europa, despertam ideias e criatividade nos indivíduos, e oferecem um lugar estimulante e seguro para trabalhar e estudar. Os profissionais ajudam estes indivíduos fornecendo formação e orientação no uso e exploração das TI e dos serviços de informação. As bibliotecas públicas, as bibliotecas universitárias e as bibliotecas nacionais fazem todas parte da sociedade multicultural e contribuem por si mesmas para as indústrias culturais, criando serviços e produtos. Elas formam uma rede europeia e global, oferecendo o potencial para inspirar directamente e oferecer o apoio a outros parceiros culturais. As bibliotecas sustentam o desenvolvimento democrático, cultural, educacional e social na Europa.

Os cidadãos da Europa precisam de:

1. uma ampla política bibliotecária europeia partindo do financiamento e do investimento já realizados nas bibliotecas e fazendo um uso eficaz das infra‐estruturas existentes;

2. apoio para melhorar a rede europeia de bibliotecas;

3. financiamento sustentável e apoio político para as bibliotecas a nível da União Europeia (ou através do novo programa Cultura, ou de um seu equivalente), e

4. excepções harmonizadas à lei do Direito de Autor em todos os Estados‐membros da EU, para capacitar as bibliotecas para cumprir os seus importantes e variados papeis:

Facilitar a criatividade e o acesso à informação. O papel das bibliotecas em encorajar a criatividade e como ponto de acesso à informação é reforçado pelas inesperadas parcerias transversais que proporcionam. As bibliotecas encontram‐se exactamente onde são necessárias ‐ perto de todos os grupos de cidadãos, nos centros de cidade, nos subúrbios; e estão abertas a todos.

Full text in Portuguese

Full text in English

Leave a comment

Account

View

Publish

E-PANEMA

Web content

SHARE

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Telegram
Email

Contact with the proposer of Bibliotecas ‐ polos culturais de informação e de inspiração - Uma tomada de posição da EBLIDA (Libraries – cultural peaks for information and inspiration. EBLIDA Position Paper in Portuguese) project